segunda-feira, 30 de junho de 2014

10 dicas de como escrever um bom texto

Postado por Alícia Guimarães às 09:00

10 dicas de como escrever um bom texto


O ENEM está chegando e o sentimento de culpa por não saber escrever uma boa redação está vindo junto com ele. Juro que te entendo. Todo mundo fica preocupado quando o assunto é "Redação do ENEM", dá sempre uma agonia só de lembrar que trinta linhas estão me esperando no dia 9 de novembro. Muita gente fica me falando "Ah, mas você já escreveu um livro, é fácil fazer uma redação!". Acreditem em mim, não é NADA fácil. Escrever porque gosta é uma coisa, agora escrever sabendo que você será julgado por uma banca de redatores muito mais experientes que você, é outra coisa muito diferente. Claro que ajuda, mas não é a mesma coisa e a pressão é maior ainda, porque se você tirar menos de 800, metade da população mundial vai ficar apontando para você e falando um milhão de coisas que ninguém quer ouvir.
Mas, vamos esquecer o ENEM. O foco agora é como escrever um bom texto. Não necessariamente uma redação (para falar a verdade nem sou experiente nisso), mas talvez ajude. Confiram abaixo algumas dicas.

  1. Domine o português. Não tem jeito, isso sempre vai te atormentar quando o assunto for: escrever.  Mesmo que for uma simples publicação no Facebook. Não adianta você ter um texto perfeito na cabeça se não tem um bom domínio do português, o resultado é que o seu texto vai ficar cheio de erro gramatical terrível e ninguém vai querer ler.
  2. Entenda sobre o assunto. Para elaborar qualquer texto, primeiramente, você tem que saber do que está tratando. Uma das coisas mais difíceis do mundo é escrever algo que se tem pouquíssimo conhecimento. Por isso que a informação é tudo.
  3. Não fuja do assunto. Particularmente, detesto ler textos onde o assunto do título não é abordado de forma clara, eu sei que a empolgação é grande, mas seja direto. Se o seu texto for sobre "Felicidade" não fique falando do Sol. Cite-o se necessário, porém não aprofunde. Deixe o seu assunto definido no início do texto e mantenha-o até o fim.
  4. Esqueça as gírias. Tudo bem que elas são legais, deixa a conversa leve, mas é um "saco" na hora de ler e escrever essas "paradas", "tá ligado"? Evite ao máximo escrevê-las. De preferência não escreva. Se você é viciado, o trabalho é maior e requer bastante treino.
  5. Não repita palavras. É extremamente chato ler uma coisa totalmente repetitiva. Por isso existe uma coisinha chamada "sinônimo", ele não foi feito à toa, meu povo. Então use sem moderação! Para isso, voltaremos lá para a primeira dica, não é mesmo?! Domine o português.
  6. Releia várias vezes. A autocorreção trás benefícios tanto para o escritor quanto para o leitor. A partir do momento que você se coloca na posição de "receptor da mensagem" vai se afastar do que escreveu e ter uma visão mais ampla do texto. Observe os erros, repetições, obscuridades e frases desnecessárias.
  7. Crie frases curtas. Até porque ninguém aguenta ficar lendo um texto sem pausa para respirar. Não fique querendo fazer um parágrafo maior do que o necessário só para parecer que o texto está mais bonito. De preferência, faça parágrafos curtos e sem enrolação.
  8. Fuja de estrangeirismo. Se você domina outro idioma além do português, parabéns, você é um cidadão salvo neste planeta, merece todo o meu respeito. Mas, não queira se aproveitar disso quando estiver escrevendo um texto, pois além de empobrecê-lo, vai confundir a cabeça do leitor. Imagina se eu estivesse parlando com voi em uma lingua que piccolo popolo conhecem?
  9. Evite palavras difíceis. Dominar o português, mais uma vez, vai te ajudar muito nisso. Não use um termo que você leu em Memórias Póstumas de Brás Cubas só para acharem que você é intelectual. Isso é chato! 
  10. Leia outros textos parecidos com o seu. Mas, lembre-se: NÃO COPIE. Se inspirar e plagiar são coisas diferentes. Se inspirar em algo é importante para escrever bem. No caso do ENEM, existem os textos de apoio. Tente tirar deles o que você achou interessante, escreva o que entendeu deles. É assim que funciona.
Então, espero que tenha ajudado um pouco. Escrever é muito bom quando se gosta do que faz. Se o seu problema realmente for grave em relação a isso, procure um curso de português. 

Beijos,

Alícia.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Letras&Cupcakes Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos