Minha obra

0 comentários

O MUNDO MÁGICO DE RACHEL




Em novembro de 2013 resolvi começar a escrever um livro. Eu sempre fui apaixonada por livros, de verdade. Antes mesmo de aprender a ler, forçava minha mãe a ler os clássicos da literatura infantil antes de dormir, e quando já estava cansada desses livros, pedia para que ela inventasse historinhas. Com o tempo fui crescendo e aprendendo a criar minhas próprias histórias. 

Aos onze anos entrei para uma rede social que abriu espaços para que eu publicasse os meus textos online. Descobri o que era web novela e não demorou muito até que eu escrevesse a minha primeira: RAÍSSA. Infelizmente, ela foi excluída da rede e eu a perdi. Mas, a partir dela comecei a publicar outras e outras, ao final foram quatro webs publicadas. Raíssa, Raíssa – O retorno, Passado em Reforma e Aprisionadas. Quando a rede social foi extinta, perdi todas as minhas histórias, com exceção da última, que tinha em meu computador até dia desse quando resolvi apagar definitivamente. Não era uma boa web, e eu nem tinha concluído. 

Aconteceu há dois anos atrás, eu tinha treze anos quando parei de escrever webs. Então ouvi uma história muito linda sobre como os pais da minha amiga se conheceram. E eu achei fantástica! A primeira coisa que pensei foi: "Esta história deveria virar um livro!", foi o que fiz. Com 177 páginas do Word escritas, terminei a obra recentemente com muito esforço e dedicação.

   Veja a sinopse:

Uma brasileira, um americano, a Disney e uma linda história de amor. Este é o roteiro da vida da professora de inglês Rachel Pimenta e do estudante de medicina Daniel Kovicks. Ele, nascido em Atlanta, ela no Rio de Janeiro. Pela influência de uma amiga, Rachel se inscreveu no sorteio que ganharia uma viagem para Orlando, mas mal sabia ela que o destino preparava uma surpresa ainda maior do que um incrível passeio pelos Estados Unidos. A garota leva a vida que sempre quis, mas com a mente cheia de sonhos, até descobrir que quando as coisas têm que acontecer, por mais impossível que pareça, elas simplesmente acontecem. Para toda princesa que sonha alto, existe um príncipe encantado.

E aí? Gostaram? Pois é, deu um trabalhão para pensar nisso tudo. Dia e noite, detalhe por detalhe. E minha mãe sabe o quanto eu sofri para concluir, ela foi minha primeira leitora e ajudante. Mais que merecido, né? Eu lia para ela todas as noites antes de dormir algum capítulo do meu livro e ela me ajudava dizendo se estava bom, ou não. Sei que foram muitos "Mãe, isso aqui tá legal? Eu não tô gostando...", "Mudo isso ou deixo assim?", "Mãe, olha que perfeita essa cena!".

Como nunca fui à Disney tive que contar com a ajuda das minhas amigas ricas, quer dizer, das minhas amigas que já visitaram o lugar. Elas sabem o quanto eu enchi o saco, perguntei coisa com força, tirei todas as minhas dúvidas e etc. Foi complicado escrever um livro sobre a Disney sem nunca ter ido lá, mais complicado ainda, foi porque ir a Disney estava em meus planos ano passado. Infelizmente, não foi concretizado. Passei um tempo na bad por causa disso, mas decidi ir à luta. Pois é. Hoje me sinto como se já estivesse ido lá de tanto texto que li, roteiros, brinquedo por brinquedo, vídeos e vídeos. Se você me perguntar sobre qualquer brinquedo, meu amigo, não duvido nada que eu saiba mais do que quem já foi! (ou não, hein?!)

Ok, este espaço do blog foi criado para que eu fale sobre minha obra, e poste alguns trechos de vez em quanto, para atiçar a curiosidade dos meus leitores de plantão.

    Beijinhos,


Alícia.
 

Letras&Cupcakes Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos